Conceito low cost de marketing digital: o repensar do setor
Categorias:

Conceito low cost de marketing digital: o repensar do setor

O mundo mudou e não existe mais a necessidade das arcaicas e redundantes estruturas das agências “tradicionais”. A nova realidade exige a constante otimização do poder de investimento em alcance e impacto de consumidores reais nos mais variados modais de comunicação.

2021: testes de acessos gerais do mundo real com consumidores reais.
2021: testes de acessos gerais do mundo real com consumidores reais.

Com o enfraquecimento dos modismos de “funil”, tráfego e leads de 2017, os profissionais preparados e mais lúcidos perceberam o ‘Grande Furo’ e começaram a diversificar o investimento na construção de marcas-fortes em plataformas que não geram acúmulo digital sem visualização ou conteúdo represado. Milhões investidos em depósitos digitais de quadradinhos secretos. Não geram o famoso recall real e não ativam pessoas reais.

Leads, do ponto de vista do consumidor real, virou sinal de desespero de vendas e um dos maiores motivadores de descarte de mensagens.

Segurança, responsabilidade social e trabalho remoto inutilizaram as já cansadas super agências das galáxias em seus umbigos mundiais. Qual seria a razão da empresa anunciante bancar toda aquela estrutura se ela não é ativada em todos os momentos e ações?

Anunciante lúcido: repense.
Pesquise sobre como as 10 marcas mais valiosas do planeta se comunicam.


Receba uma golden call: agendar contato